domingo, 18 de março de 2012

São 06 anos!

Era uma vez... assim mesmo que o tempo começa a ser preciso. Para falar a verdade não sei precisar quando o tempo começou a contar, mas sei que foi de repente. Foi assim!

Foi assim que começou a minha história de conto de fadas. Foi assim que todo história começa e a minha não foi diferente e foi lá em 2005. Poxa!
Eu tava no primeiro ano da faculdade. E ele, também. Aliás, estávamos na mesma sala. No mesmo curso. Mas nada disso importa, porque a verdade é que o tempo ficou preciso e pontual no começo de 2006. Sei que é começo, não sei o mês. Sei que se tornou real em março de 2006 e desde então a história ganhou novas cores e contornos.
Eu dei moral pra ele. Ele demorou para entender.
Eu deixei claro que queria ficar com ele. Ele foi tímido.
Eu aceitei o convite para ir ao cinema. Ele me beijou.
Eu continuei investindo. Ele aceitou.
E como uma prosa a nossa história começou a ficar séria. Lá por novembro do mesmo ano foi que eu escutei: Minha namorada! Foi depois disso que tudo ficou mais forte, fora da Faculdade. Foi depois disso que ele me disse que queria se casar comigo. Mas, fomos vivendo.
A faculdade terminou e namoramos inacreditavelmente 2 anos até nossa formatura. Dançamos valsa. Fechamos uma etapa. Começamos a falar em casar, agora um pouco mais firme na idéia.
Fomos fazer especialização. Entramos no mercado de trabalho. Fomos ver preço de apartamento e nos decepcionamos. Não cabia, era caro. Brigamos. Continuamos vivendo!
E assim, como em qualquer domingo ele me acorda e diz: vamos ver um apartamento. Convite aceito. Apartamento comprado. Parcelas a serem pagas e o casamento ficou mais perto.
E em Dezembro de 2010- 4 anos e 09 meses depois- com muitas idas e vindas no assunto noivado. Muita data remarcada. Enfim o pedido oficial: Quer casar comigo? E assim com bênçãos, com chuva, com família, com amigos, com alegria que ficou real e verdadeiro. Que virou o conto de fadas com o principie que antes de ser perfeito e longe de ser é Encantador.
É uma pessoa que realmente me encanta. Tem um coração do tamanho do mundo. Tem senso de humor e bom humor. Tem carinho. Tem tranqüilidade e é calmaria em meio a tempestade, mas quando precisa é furacão na calmaria. É assim. É ele.
É com ele, porque só faz sentido se for assim. Tem que ser com ele, porque quero passar o restante da minha vida ao lado dele e se isso fizer sentido, que seja na alegria e na tristeza. Na saúde e na doença. Todos os dias de nossas vidas!
E com essa certeza é que hoje comemoramos o último aniversário de namoro. Porque no próximo 18 de março, lá em 2013 será uma data para lembrar, mas o cronômetro ganhará mais uma virgula na história da nossa vida. Porque lá em Dezembro, começaremos uma nova contagem.
São 06 anos de namoro. São muitas histórias. São infinitos momentos. E quer saber do que mais? Nem parece.
Feliz 06 anos, amor. Que seja assim: eterno, intenso!

sexta-feira, 16 de março de 2012

Sapatos para que te quero!

Tenho notado que um comportamento freqüente desde que me tornei noiva. A capacidade de mudar de idéia mil vezes sobre o mesmo assunto. Tudo aquilo que ficou resolvido, de repente volta pra lista das pendências. Céus!

A princípio não queria e- session. Já voltei a querer e hoje não sei mais!
Também tinha resolvido a quantidade de Bridesmaids. Mudei de opinião para nenhuma e agora fechei em 03.
Eu já quis buque roxo, vermelho, rosa, amarelo e branco. Hoje? Não tenho nem idéia.
Também queria ir para exterior de Lua de Mel. Pensei em ficar no Brasil em um Resort. E hoje? Novamente, não tenho nem idéia.
O último item que voltou pra lista de pendência foram os sapatos. Antes a certeza de que seriam coloridos, combinandinho com o buquê. Depois virou super modinha e eu perdi o tesão pelos coloridos.  E então minha pastinha de imagens ficou em stand-by e mais nada foi colocado e procurado.
Hoje, ao passar por uma loja de sapatos, com vários coloridos- mesmo não sendo minha preferência atual- comecei a voltar a pensar no assunto. Fui voando para o Google procurar algumas dicas sobre a escolha do sapato e encontrei no site Casamento &Cia  alguns pontos legais!

Enfeites & Detalhes
Quanto aos enfeites existe uma pequena regra: para vestidos simples os sapatos são elaborados e para vestidos elaborados ou com muitos detalhes, os sapatos devem ser simples. Contudo, se a noiva desejar um sapato simples para o vestido simples, assim seja. O essencial é que estes dois estejam combinando, os enfeites devem ser coordenados. Por exemplo, se o vestido tem detalhes com pérolas, os sapatos devem ser perolados ou terem adereço com pérolas, se tem renda no vestido então os sapatos devem ter o mesmo tipo de tecido, se o vestido for brilhante ou bordado em pedrarias, detalhes de cristal tem que ser colocados nos calçados.

Cores & Tons
A cor do sapato deve ser a mesma do vestido, por isso quando for comprá-lo é importante que leve um pedaço do tecido para o tom seja o mesmo, pois nem sempre os brancos tem o mesmo tom, podendo ser perolados ou diamantes. Em muitos casos é interessante mandar encapar o sapato com retalho do tecido usado no vestido; para isso é necessário o serviço de um bom profissional. Geralmente as costureiras habituadas a servirem noivas ou estilistas sabem indicar quem o faça.


Tipos de Bicos
Quanto mais discreto for o bico mais chique se torna o modelo, ou seja, sapatos com bico fino combinam com casamentos formais e noturnos. Bicos quadrados devem ser suaves para que o pé da noiva não fique maior. Para bicos finos, os sapatos não devem ser muito cumpridos, pois aumenta o tamanho dos pés. O bico levemente redondo e fino é o ideal para diminuir o pé e mantê-lo discreto.
Material
O modelo também deve combinar com o local do casamento. Caso seja em ambiente fechado, os sapatos podem ser forrados com seda, cetim, renda ou com o próprio tecido do vestido. Sendo ao ar livre, escolha sapatos de pelica de boa qualidade que são mais indicados por serem confortáveis e fáceis de limpar.


Saltos
Salto agulha - sapatos com salto e bico fino não são recomendados para a mais especial das ocasiões. Causa desequilíbrio porque reduz a participação do calcanhar na sustentação do corpo, além de deixar os dedos muito desconfortáveis.

Salto fino - oferece mais equilíbrio que o tipo agulha, mas não deixa a mulher livre de torções de tornozelo e dores nos dedos e na planta do pé.

Salto anabela - este tipo de salto pode causar desconforto, mas, como o plataforma, diminui as dores porque distribui bem a pressão do corpo sobre a planta dos pés.

Salto quadrado - o modelo grosso e quadrado é um dos eleitos pela maioria das mulheres que querem manter a elegância por longos períodos do dia. Esse tipo de sapato deixa o calcanhar bem apoiado, o que ajuda no equilíbrio do corpo.

Salto central - o salto que sai do meio do calcanhar facilita o equilíbrio do corpo. Esse modelo deixa os dedos confortáveis e pode ser uma opção para as mulheres que não abrem mão da elegância a toda hora.

Salto baixo - com salto de até três centímetros, é o único recomendado por especialistas para o uso diário constante, mas as noivas devem tomar o cuidado de não ficarem deselegante com salto tão baixo.
Penso em um sapato meia pata, pelo conforto. Nada de salto muito alto, pois não faço o uso freqüente e corro o sério risco de ter que tirá-los logo no início da festa. A cor? Ando brilhando pelos olhos pelo branco. Maaaaas, como em minhas decisões sempre tem um ponto e vírgula, cara amiga, não confie! Hehehehe.
Ainda falta tempo pra compra do sapato. Confesso que tenho deixado esse item pra lá até conseguir resolver a cor definitiva e creio que isso só se resolva bem próximo ao casamento. De qualquer forma, as imagens continuam salvas, lá na pastinha. Lá no meu note.
Minhas inspirações:
Imagem do Google
Imagem do Google

Imagem do Google

Imagem do Google

Imagem do Google

Imagem do Google

quinta-feira, 15 de março de 2012

Todo dia 15

O que tem feito sentido. Que é sentido no coração. O que tem sido dito nos últimos dias:

“Não parece que somos nós que vamos casar.”

É, não parece. Mas, é!
É sonho, é realidade, é verdade....

Faltam 09 meses

quinta-feira, 8 de março de 2012

Fazendo a cabeça!

Novamente minha pastinha de inspirações entrou na área. Lá no meu note. Lá nos guardados. Toda imagem de casamento vira arquivo, praticamente permanente, e confesso, algumas pastas até conheço um pouco da ordem das imagens, de tanto que olho. De tanto que mexo. De tanto que idealizo. #fato.
 Minhas inspirações!


Dentre as pastinhas mais acessadas nos últimos tempos e um dos detalhes que mais tem ganhado tempo de pesquisa via Google é sobre o Penteados para o Casamento!
As minhas imagens contemplam muitas idéias. Embora eu acredite ter fechado o estilo do penteado, ainda há tempo para mudanças de idéia. De qualquer forma, me baseie em alguns fatores para escolher: - estilo do vestido,
- estação do ano que será o casamento
- horário do casamento
- perfil da noiva e tipo de cabeleira.

Então, assim sendo, baseado no meu casamento onde:
- vestido tem detalhe nas costas.
- casamento no Verão e isso quer dizer que provavelmente ser calor.
- casamento pela manhã
- cabelo extremamente liso.

Não há como ter outra escolha senão deixar a cabeleira presa. Bem presa. Muito presa!

Imagem do Google
Queridinhos da vez:
Imagem do Google

Imagem do Google



Quer saber mais? Ter mais idéias?
http://www.noivas.net/cabelos/

quinta-feira, 1 de março de 2012

Vida!

“Eu disse a uma amiga:
— A vida sempre super exigiu de mim.
Ela disse:
— Mas lembre-se de que você também super exige da vida.”
(Clarice Lispector)

Que a vida continue super exigindo de mim. Porque eu ainda vou exigir muito dela.