sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

O som da Celebração!

Músicas sempre foram o som da minha vida. Se sempre foi assim, impossível ser diferente no dia do casamento.  Por isso um dos itens que prestei a maior e melhor atenção foi com relação a contratação do musical para o casamento religioso.

Estava em dúvida entre dois fornecedores daqui da cidade. Dúvida que digo é em quem ir primeiro. Fui no mais antigo, mais renomado e o fim da história? Não fui no outro. Porque tive plena certeza de que esse deveria ser o musical. O noivo aprovou na primeira, também, então ponto a mais e contrato a mais. Tudo fechado em poucos dias.
Depois disso o musical me emprestou cerca de 04 cds, totalizando todas as músicas deve ser em torno de 500 trechos para ouvir e escolher. Céus! Canso só de ouvir um cd, quando ouço o seguinte, já esqueci as melhores. Comecei a anotar tudo, para ajudar!
Ainda não fechei as escolhidas e nem poderia, já que estamos a um tempinho do casamento. Mas já, ouvindo o primeiro cd, consegui selecionar as queridinhas, nesse primeiro momento!
Perhaps Love
Original: Plácido Domingos
tradução da música que vale a pena ler. Incrivelmente Linda!


My way
Original: Frank Sinatra
clássico dos clássicos. Letra também linda.



Ave Maria de Gounod
Tem também a Ave Maria de Shubert. Mas meu coração bateu mais forte com a de Gounod.



A Bela e a fera
Toca em todos os casamentos. Tem cara de casamento. Tem cara de sonhos.



Per Amore
Original: Andrea Bocceli
cantada não me atrai nada, mas instrumental fica realmente emocionante.


Stand By Me
Original: Jhon Lennon
a versão do musical do meu casório é bem mais animada!


Conquista no Paraíso
Original: Filme
Música forte, imponente.


Até então pensamos em ter músicas clássicas durante a preparação da cerimonia, cortejos e consagrações. O moderno será, possívelmente, usado nos cumprimentos e saída dos noivos. Enquanto quero, sim, isso eu que quero, músicas fortes e imponentes para os primeiros momentos, nos cumprimentos e saida quero vida, alegria, leveza.
Dificil? E quem disse que escolher música pro casamento é fácil?
* todos os vídeos são do Youtube!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Bridesmaids


De mudar de idéia eu já me cansei e certamente o assunto que mais vezes me fez pirar o cabeção foram as Bridesmaids. Primeira vez que o assunto surgiu foi em uma festa de família e nesse momento as Brides seriam todas as minhas primas menores, em torno de 05.

Imagem do Google
O tempo passou. Novamente mudei de idéia para nenhuma Bride. E mais uma vez, para variar, resolvi ter as Brides, mas dessa vez, apenas 03. As 03 que mais me identifico. As 03 que meu coração pediu. Simples assim! E as mudanças? Não, não vou mudar. As Brides já estão convidadas, já começamos a ver os detalhes dos vestidos.

As  Bridesmaids ou Damas Adultas são um novo conceito e diferencial no casamento. É uma tradição advinda da Europa e que aos poucos conquista espaço no Brasil. Existe uma superstição que a presença das "Bridesmaid" na cerimônia traz muita sorte para o próximo ou atual relacionamento dela, isto é, para ela casar e ser muito feliz mesmo!

Eu não sabia exatamente da existência desse novo conceito e confesso que a primeira vez que surgiu o assunto de Damas foi informalmente em um almoço de família, onde todas as minhas primas menores (05 criaturas) seriam Damas. Como de fato é de costume, as Brides são primas, irmãs ou melhores amigas e sempre mulheres a quem a noiva ama muito e o detalhe? Não podem ser casadas, no máximo noivas!

Então que desde essa primeira resolução, mudei de idéia para nenhuma Bride. E novamente mudei definitivamente para 03 Damas. As 03 que meu coração pediu. As 03 com quem me identifico mais. Amor é igual a todas, mas identificação rola o subjetivo e o inexplicável. Simples Assim!

Imagem do Google

Com posse e certeza da escolhe, convidei-as. Duas já sabiam, uma ficou surpresinha e todas, ao que parecem, ficaram felizes. E eu, claro que, também! E então começamos a pensar sobre roupas. Não pensamos em vestidos iguais, pois como as 03 são da mesma família iria ficar um pouco inviável o uso depois. Ainda a questão do vestido está em aberto, a única certeza é que todos serão curtos, pois o casamento é de manhã, todas são jovens e ficaram diferentes das madrinhas.

Dentre as funções que encontrei para as Brides só concordo com a organização do chá. E creio que as Damas, ao menos para mim, são companheiras, companhias. A pedido das minhas damas todas nos arrumaremos juntas. Talvez iremos para a cerimônia juntas e é isso que considero importante e indispensável a presença próxima e a companhia sincera no grande dia. As demais funções, deixa que a cerimonial se encarrega de fazer.

Quer saber mais?
http://www.sualocadora.com.br/LocNET/Pagina.aspx?ID=0171&IDLoja=1&TipoObjeto=(Oculto)&Codigo=343

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

O valor de um sonho!

Todo mundo já ouviu sobre as expectativas de se preparar um casamento. São tantos sonhos permeados por cálculos contínuos. São adequações do sonhado com o real e o disponível, uma equação nada fácil de equilibrar.

Imagem do Google
Confesso que tive sonhos inalcançáveis (e fora da minha realidade) no inicio dos preparativos. Sonhei alto. E hoje sonho com a realidade que tenho a minha frente. Embora o valor que tínhamos nos proposto a gastar já foi excedido mais de 1 vez, ainda continuo sonhando com a realidade mensal dos nossos recebimentos.

Para ser sincera, nunca colocamos no papel, assim de verdade, de escrever, o quanto tínhamos, o quanto gastaríamos. Fomos caminhando conforme íamos sentindo que era pertinente. A equação que utilizamos foi:
- escolha do fornecedor que nos permita parcelar em um valor que damos conta de pagar com as demais contas do casório e da vida pessoal. Algo do gênero:
Fornecedor do casamento + gastos pessoais = saldo de conta corrente positivo no fim do mês.
Essa decisão e equação é da minha realidade. É a que cabe na minha maneira de ver e organizar um casamento. Mas, sei que existe a preferência por tabelas, com valores, com dados mais complexos.
E em um dia desses passeando pelos sites de casamento e lendo um site que me agrega muito em inspiração (WWW.constancezahn.com) vejo a disponibilidade para baixar de uma planilha de gastos do casamento. Por curiosidade baixei. Tentei completar o máximo que lembrei sem pegar os contratos. Por curiosidade baixei a tabela e a completei com os valores. E quer saber?
O tamanho do sonho é aquele que cabe no orçamento. E nosso orçamento é muito maior do que pensamos. Depois de completar grande parte da tabela vejo o quanto um casamento é de fato oneroso, mais que eu mesma imaginava. Mas, também, depois disso vejo o quanto conseguimos caminhar nesse sonho.
De qualquer forma eu prefiro não ficar revendo a tabela. Prefiro sentir o sonho e deixar que ele caiba dentro do que realmente dá e principalmente do que realmente é importante.
Planilha disponível em: http://www.constancezahn.com/goodies/

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Todo dia 15

E todo dia 15 os sentimentos tem se confundido.

Imagem do Google

São borboletas no estomago...
Ansiedade....
Felicidade....
Suspiros...

São momentos de perder o fôlego de tanta alegria.
Faltam 10 meses!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

O definitivo da decoração!

O definitivo da decoração encheu meus olhos desde o primeiro encontro. Tudo com tamanha elegância e simplicidade que dava gosto de ver as imagens. Além das flores é possível escolher os vasos, cor do tapete, mobiliário, bolo fake e toalhas. Céus!

Foi, também, no primeiro encontro com esse decorador que outros detalhes foram se resolvendo. Como a escolha da paleta de cores, que estava ainda em aberto e gerando um tanto quanto de ansiedade em mim. E a escolha? Foi simples. Foi a partir de um pedaço de fita, numa cor linda, nas tolhas lindas da mesma cor disponíveis. Tudo se encaixou!  
Paleta de cores escolhida!

Os vasos, muito provavelmente, serão de vidro. Para deixar o ambiente clean, principalmente na igreja. O estilo do vaso, ainda nada muito fechado, ainda mais porque não vimos TODAS as opções que podemos escolher.
Imagem do Google
As flores também é outro detalhe que está decidido. Mas, como existe a possibilidade de mudar de opinião, ainda prefiro não falar!  Só sei que serão mescladas flores da época, nas cores, por nós escolhida: branco e folhagens verdes.

Imagem do Google
O mobiliário é outro item, se não o que não pensamos quase nada, que ainda falta resolução. Penso em tons que não deixem o ambiente muito “sem sal e sem açúcar”. O local da festa tem muitos vidros. É claro por demais. É clean. Se for colocado muito elemento clean, vai se perder, não terá presença. Por isso a idéia tem sido, no mobiliário, tons fortes. Madeira escura. Mas, como ainda não chegamos nas vias de fato, ainda tem possibilidade de mudanças. Sei, apenas, que quero uma mesa grande de bolo. Grande mesmo!
 
O buque? Bem, esse é o x do contexto noivo. Já troquei de cores, que eu lembre, umas 4x e o queridinho da vez tem sido o amarelo. Mas não to me atendo muito a esse fato, já que foram 4 mudanças e para haver mais 4 é bem fácil, alias, fácil demais! As flores que não saem da minha cabeça, desde sempre, são as callas!

O noivo não usará corsage, porque corsage é feito com mini orquídea e por ser  verão, de dia, corre-se o risco de não durar até a cerimônia de fato, visto que o noivo, se bem o conheço, vai abraçar Deus e tomo mundo. Então a opção é pela lapela, provavelmente o cravo em cor a escolher.  
Os pontos bonitinhos da história? Tem um bolo fake com um laço Chanel, daqueles que quero fazer no porta guardanapos. Tem, também, de presente, um Santo Antônio thucquinho para jogar. Uma graça e tão graça que eu queria ele é pra mim!
No mais a única certeza de que tudo ficará lindo. Lindo mesmo! E disso, dessa vez, eu não tenho dúvida nenhuma.

sábado, 11 de fevereiro de 2012

O definitivo da decoração!

Hoje foi dia de fechar, DEFINITIVAMENTE, a decoração do casamento.
Feliz, satisfeita.


Volto para contar em breve. Volto logo. Eu prometo!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Just a Kiss

Lady Antebellum tem embalado meu dia de hoje!


 [...] It's never felt so real. No, it's never felt so right

(Nunca foi tão real. Não, nunca me senti tão bem)


Só sei suspirar e pensar: Ah, amor. Como eu te amo! Quanto eu te amo!!!

O fim da história

E o tempo? Passou! Alguns dias já foram e muita coisa aconteceu. Confesso que o excesso de trabalho me tirou o foco do casamento e tenho tido pouco, ou quase nenhum animo, de resolver os detalhes.

Com toda essa ausência, até de mim mesma (!!!), as coisas aconteceram....

Imagem do Google
A história da decoradora é uma página virada do livro do nosso casamento. Na nossa frente uma página branquinha com a possibilidade de reescrever os melhores detalhes do nosso que sonhamos. Do sonho que é quase real.  E que saber do que mais?  A mesa da sala lá de casa voltou a ter revistas de noiva. Voltamos a folhear, procurar aquela paixão de decoração.
E o fim da história? Provavelmente será no sábado, quando fecharemos com um novo decorador. Renomado. Conhecido. Com um trabalho de suspirar. Com um sonho de trabalho. Com um sonho de decoração que cabe no meu sonho de menina.
E eu? Continuo vivendo de sonhos. Principalmente de que meu animo volte. De que os preparativos ganhem vapor e de chegue logo Dezembro!
Eu volto. Eu juro!