quarta-feira, 25 de abril de 2012

Só. Só enquanto eu respirar!


Ah amor. Ah meu grande amor. Ah amor lindo e imenso!
Ele é assim: calmaria em meio ao tormento. Tormento em meio a calmaria.
Ele é assim como só ele consegue ser e por isso é que o amor é assim! Assim do nosso jeito.

Só. Só enquanto eu respirar!

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Sim, vou casar!

Os preparativos para o casamento começaram em Março de 2011. Faz tempo! =) E desde então tudo parece bem subjetivo e ainda restrito a ilha da fantasia do casamento. Sabe aquela sensação de que não é comigo? É assim que eu vinha me sentindo!

Sim, vinha! Semana passada marcamos o Casamento Religioso. Embora já previamente agendado, por ser em horário diferenciado dos oferecidos, foi entregue toda a documentação e recolhida a taxa referente a cerimônia religiosa com efeito civil!
Não houve nenhum sentimento diferente nesse exato momento. Confesso que é tão burocrático que é impossível ter emoção. Ainda mais pelo período atribulado de trabalho, ficou mecânico. MAS, a sensação boa veio depois e persiste até agora.
Sim, eu vou casar. Sim, está marcado. E sim, eu conto para todo mundo!
“ Olha, marcamos e entregamos a documentação para o casamento religioso. Vamos casar mesmo!” Minha principal frase atualmente.
Esse sentimento permanente de realidade é bem melhor do que explosão do momento, nessa fase. O sentimento de suspirar e ter borboletas no estômago é intenso. É bom. É gostoso!
Sim, vou casar! Está Marcado
15 de Dezembro de 2012 ás 10:30hs.  

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Dúvida de noiva: Site dos noivos

Na planilha que a Cerimonial me enviou um dos itens era: Site dos Noivos. Desde o começo dos preparativos eu tinha dúvida sobre esse item. Conheço gente que fez um sinal com anos de antecedência. Sim, anos. Dois anos ou mais. Isso eu realmente acho desnecessário!
Hoje estava pesquisando mais sobre esse item, tentando fechar uma opinião e busquei os três sites mais conhecidos nesse ramo: ICasei, Prometo e Pronto Casei.
- ICasei:
Layout inicial bonito, mas com bastante informação visual. Confesso que fiquei um pouco perdida, sem saber por onde começar a ler.
São 04 opções de planos. Sendo 01 gratuito para testar por 10 dias e os demais (03) pagos. As funcionalidades oferecidas são determinadas pelo plano escolhido.
Funcionalidades condicionadas ao plano: RSVP telefônico, introdução em flash, ordenar/renomear e criar páginas, site gravado em cd e música.
É possível ter domínio personalizado, mas em 02 planos é custo adicional. Também pode-se manter o site no ar por 03, 06 ou 12 meses.
Diferencial? O RSVP telefônico. Super bom para quem não terá cerimonial para exercer essa função.
- Prometo: Layout inicial mais simples e talvez de mais fácil acesso as informações, já que são poucos estímulos visuais para leitura.
São 03 opções de planos. Um gratuito, para teste, por um prazo de 06 meses e outros dois pagos.
As funcionalidades seguem a mesma dinâmica. Funções condicionadas aos planos: fundo musical, layout personalizado, presente virtual, RSVP, página inicial customizada, editor e coordenador de imagens. O site gravado em cd é cobrado a parte para os dois planos pagos.
A primeira vista me pareceu ser um site de mais fácil manuseio. E tem os melhores valores!
- Pronto Casei:
Layout inicial é o meio termo entre os dois anteriores. Nem tão estimulador e nem tão simples. Foi o de longe o que mais gostei! Tem logo na primeira página, local para buscar site de outros noivos, além de artigos sobre essa temática.
Igual ao Prometo: são 03 opções de plano, sendo 01 grátis e outros 02 pagos. Depende do plano a disponibilidade do disco. Isso significa que quanto maior o plano, maior o espaço em disco para arquivar as fotos e detalhes do site em si.
Possível ter domínio personalizado de acordo com o plano. Em 02 deles é valor adicional.
As funcionalidades, idem aos demais. Mas é o site onde o plano grátis oferece as menos opções de funcionalidades disponíveis.
Diferencial: álbum de fotos ilimitado em todos os planos. E o plano grátis é sem tempo pré-determinado!
Confesso que após terminar de ver os três sites fiquei com vontade de montar um, também. Acho uma forma de integração dos convidados com os preparativos. E, particularmente, acho que é muito mais bacana quando os preparativos são divididos, é como dividir a felicidade do momento em que os noivos estão vivendo e não só apenas no dia do casamento. Mas, também, me desanimei pelos valores. Tudo bem que tem o plano acessível, mas nem sei se compensa pagar.
Aproveito para deixar claro que a opinião é pessoal e que a analise dos sites, também! Ok?
E eu sigo na minhas dúvidas do casamento!

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Ansiedades de uma noiva

Quando fechei o contrato com a cerimonial, em seguida recebi uma planilha com vários (vários mesmo) itens para guiar os noivos nos fechamentos dos contratos. Uma planilha controle de contratos fechados! Super válida.
Essa planilha é meu maior sonho e pior pesadelo, dependendo do dia e da circunstância. Eu consigo olhar pra ela e sorrir de alegria ou, e às vezes ao mesmo tempo, pegar a calculadora e me descabelar fazendo contas e cálculos.
Confesso que nos últimos tempos não tenho atualizado a planilha sempre e devido a uma sobrecarga de trabalho meu perfil tem sido da noiva ansiosa e estressadinha. Confesso muitas vezes!!! Vamos combinar que trabalhar mais de 12 horas seguidas e diárias e ainda ser noiva é motivo pra caramba e com direito de ficar assim! Fala sério!
E hoje, assim despretensiosamente, vendo uns sites de casamento que tenho salvos nos favoritos me deparo com um artigo abordando exatamente essa situação de ansiedade e dando algumas dicas para minimizar. Poxa, super recomendo e aproveito para reproduzir alguns trechos que mais couberam na minha realidade:
1) Organize
A falta de controle sobre os preparativos (mal que, em pelo menos alguma fase do casamento, atinge dez em cada dez noivas) é a mãe da ansiedade.
[...]  De tempos em tempos, faça uma lista de status geral. Veja o que está encaminhado, liste o que falta resolver e atualize o que andou. Saber em que pé estão as coisas ajuda a dar sensação de controle!
2) Simplifique
No começo, é normal a gente querer personalizar tudo, cuidar de cada mínimo detalhe. A gente quer saber da barra do vestido da madrinha, da cor do banco de madeira da igreja, do aromatizador de ambiente do banheiro do buffet.
Na real, quanto mais detalhes, mais trabalho! Simplificar economiza dinheiro e rugas . De repente, vale aceitar a sugestão da sua decoradora em vez de escolher cada flor de cada arranjo, sabe?
4) Cuide do relacionamento
O seu relacionamento com o noivo é a coisa mais importante do casamento. Afinal, toda essa festa é para comemorar a união de vocês, lembra? Quando perceber que vocês estão brigando por coisas bobas, tipo o recheio do bolo, lembre disso! Ouvi uma vez uma dica interessante quando estava noiva: instituir, de vez em quando, uma noite em que é proibido falar de casamento. Vão ao cinema, a um restaurante; não vale tocar no assunto, só vale curtir e namorar!

Eu costumo dizer ao noivo, com ar de graça, “amor, vamos casar se sobrevivermos aos preparativos!”. Céus é muito amor, mas é muito estresse. É muito amor, mas são muitos detalhes.
Depois de ler esse artigo, corri pra minha planilha e fui lá atualizá-la. Me senti bem melhor depois disso. Também resolvi que vou começar a instituir um dia para não falar de casamento e muito menos de trabalho e só curtir um momento. Aliás, curtir. Palavra esta que não sai da minha cabeça e permeará a lua de mel! [suspiros]. Pernas pro ar, por 1 semana. Descanso. Pernas pro ar. Comer bem. Pernas pro ar. Curtir, curtir, curtir.
Quer ler o artigo na integra?

domingo, 15 de abril de 2012

Todo dia 15

Todo dia 15 eu lembro da Matriz. Na minha frente as grandes portas de madeira fechadas. De um lado eu e meu pai e do outro todo o sonho de menina. A música de fundo? A Marcha Nupcial.

Faltam 08 meses!

vídeo do Youtube.


sexta-feira, 13 de abril de 2012

Lugares Marcados: eis a questão!


Quem vai casar sabe da ânsia de pensar nos detalhes que as (pobres) noivas sofrem. E sem maiores problemas, afinal é um dia único, impar e eu bem que quero tudo bem muito lindo e do jeito que eu sonho, nos meus sonhos.

Assim que em uma das andanças pela net me deparo com um post sobre lugares reservados na festa. Pois bem, achei até a ideia interessante, afinal tem familiares que não se dão, tem famílias separadas e tem muitos pontos que envolvem qualquer e normal família. Certo? Comecei a me interessar mais pelo assunto depois que fui a um casamento, de uma prima, e ficamos (mega) perdidos de onde sentar. Meus tios se organizaram, sentaram e tchau pra quem não entrou junto no salão. Terminamos na mesa dos meus avós e tios-avós. Nada contra e felizmente os idosos da family tinham local reservado.
Imagem do google

No meu casamento não gostaria desse tipo de situação. Os convidados não se sentem bem. E a estratégia de mapa de mesa seria ideal para isso não acontecer.
Passo seguinte foi conversar com a Cerimonial, que quando comecei a falar me disse: “já fico suando frio só de pensar nessa situação!” E os porquês são cabíveis. Veja só:
- horário de início da recepção: 12hs. Isso significa que todo mundo estará, impreterivelmente, com fome. Óbvio! Isso também quer dizer que estará um sol a pino, calorzão (Santa Clara a de me ajudar nesse quesito) e ficar esperando em fila para entrar é do peru!
- gera fila pra entrar afinal o cerimonial tem que acompanhar as pessoas até a mesa e com isso gera fila e o pessoal ficará no sol a pino, que sem a situação de cima.
- perde-se tempo da festa. Sim! Enquanto todos os convidados não estiverem acomodados, os noivos não entram. Não começa-se a festa de fato e as 05 horas de festa caem para, talvez, 04.
- conflitos internos não conhecidos. Se tiver acontecido algum problema que nós noivos não sabemos, ou na semana do casamento, dançou-se, pois tem problemas a vista. Ninguém irá ficar na mesa com quem tá de cara feia. Certo?
Ou seja, antes de optar pela demarcação de lugar é importante considerar as variáveis: horário do casamento, estilo da festa, hábitos culturais das famílias, tempo de duração da recepção e por ai vai!
Boa argumentação da minha cerimonial que me levou a outras reflexões: a festa pode perder a espontaneidade, afinal cada um senta onde quer e com quem quer. Esse detalhe acaba ganhando mais destaque do que aquilo que é realmente importante.
E quer saber eu ainda não fechei 100% minha escolha. Mas ao que tudo indica, mesa reservada só para noivos e pais. Também não vou reservar pros padrinhos, pelo mesmo motivo acima.
Agora, não me venha arrastar mesas e estragar com a decoração para ficar perto de quem gosta. Porque ai não vale!

sábado, 7 de abril de 2012

A Páscoa dos sentimentos

E de boa família religiosa que sou, ontem foi dia de dedicar as orações, jejum, abstinência. E eis que lá, no meio da celebração, com um calor de mil graus, apenas eu e meus pais que começo a pensar: “poxa, essa é a última páscoa que acompanho meus pais nas celebrações. Ano que vem irei com o noivo (que será marido!), óbvio!”.
Não que isso seja ruim, jamais. Mas.... sabe quando bateu aquele apertinho coração do tipo: “céus, não tem volta. Tudo será diferente!”. Sim, porque eu posso vir e ir com eles, mas será diferente. Serei parte de outra família, também. E confesso, foi um misto de sentimentos!
Fiquei feliz. Fiquei com medo. Fiquei assim com a última Páscoa na minha casa. Na casa dos meus pais.


E então... é Páscoa!
Feliz Páscoa.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Breve!

Tanta coisa aconteceu no último mês. Tanta coisa boa.
Aconteceu, também, que o ritmo de trabalho aumentou e a conclusão?

Nada de tempo. Nada de vontade. Nada de nada.
Volto em breve!