sábado, 31 de dezembro de 2011

“E parece que foi ontem...” E é assim, com um jargão, que começo a despedida do ano de 2011.
Imagem do Google
Meia noite. Virada do ano. Lembro-me de dizer: “caso ano que vem”. Depois vieram os detalhes do casamento que começamos a resolver na prática: fechamos o cerimonial, em março. No mês seguinte foi a contratação do fotógrafo. Em maio conseguimos resolver o Buffet, local da recepção e da noite de núpcias. Em Junho foi a vez de fechar a decoração  e fazer o curso de noivos e no próximo mês escolher os músicos da igreja. O tempo passou e já em dezembro eu escolhi o modelo do vestido de noiva.
O ano também foi bom para a minha carreira. A empresa cresceu significadamente. Passei na prova de credenciamento da Unimed. Comecei a ter o reconhecimento dos serviços que presto. Comecei a ter, mais, credibilidade profissional e segurança para atuar.
Cresci. Cresci muito. Chorei a beça. Achei que não fosse dar conta da quantidade de responsabilidade que resolvi assumir. Discuti mais com o noivo do que gostaria. Nos entendemos infinitas vezes. O relacionamento ficou melhor. Também achei que o ano de 2011 não acabaria nunca. Fiquei ansiosa. Contei os meses esperando os 12 meses de contagem regressiva. Contei, também, para todo mundo que vou casar. Comemorei a cada mês a chegada do casório. Brindei cada novo contrato. Explodi de felicidade. Explodi de raiva. Fiquei irada. Fui humana. Irracional. Passional. Fui gente, mesmo!
E sendo assim, Gente, espero que 2012 seja uma explosão, novamente. Seja intenso. Seja bom. Seja único. Afinal ele vai ser o ano que vou casar. E então assim, 2012, começo a te brindar agora.
Te espero!

Nenhum comentário: